Mensagens

  • 20/11/2019

    A MISSÃO – Jesus, o Menino Celest...

    Nada pode controlar o vento, ele sopra aonde deve soprar, assim acontece com você. A obra, falo da missão, ela não te pertence; é preciso muitas v...
  • 08/11/2019

    MEUS DISCÍPULOS – Jesus – 2...

    Se falta amor e caridade em suas vidas, como vocês podem dizer que são meus discípulos… Jamais posso admitir que um discípulo meu só pense ...
  • 07/11/2019

    ORAÇÃO PROFÉTICA – São Pio ...

    Quando vocês acharem que não tem mais solução para o seu problema, ainda resta uma última tábua de salvação, a oração: pois o que é imposs...
  • 31/10/2019

    QUEM NÃO PRECISA DE ORAÇÃO – Al...

    Toda ação corresponde a uma reação, um ato impensado gera muitas vezes conflito, a maioria da humanidade não mede as consequências de seus atos....
  • 30/10/2019

    UM SER PEQUENINO – Clemenceau da C...

    Sou pequenino, por ser tão pequeno… mesmo assim eu entendo como a vida é preciosa, dom de Deus; matar a vida é matar o próprio Deus. No vent...

O Mensageiro



Um convite amoroso naquele dia veio do céu, ficaste muito preocupado, pois nem imaginava do que se tratava, simplesmente correste para a minha Igreja. Fizeste bem; não recebeste apoio, não faz mal, eles e tantos outros te rejeitaram, mais eu não. Na tua miséria venho me comunicar com a humanidade, mesmo você não se achando digno. Me questionaste muito meu pequenino: não faça muita pergunta, apenas obedeça; não proves a ninguém, deixe que o tempo e a missão se encarregam. Veja minha Maria Faustina quanto tempo levou; foi preciso uma centelha de luz sair da Polônia “João Paulo II” para que a minha obra se concretizasse; você não é diferente dos santos e dos profetas. O que escrevo é para que saibais que o Menino-Deus tem toda autoridade para levantar profetas para levar por estas imensas estradas a minha mensagem de amor e misericórdia. Ainda é tempo, muito breve todas as portas se fecharão, um silêncio tomará conta do mundo, o tempo se esgotou. Disse à Polonesa: “ainda resta uma tábua de salvação: a minha misericórdia “, não joguem fora, abracem como eu abracei a cruz, olhem para minha pequenina imagem. Vâner Luiz Batista de Carvalho, VANINHO, Mensageiro do MENINO JESUS