Mensagens

  • 12/11/2018

    COMBATER O MAL – São Miguel Arcan...

    Não tenham medo de combater o mal pela força da oração; não aquela supersticiosa mas aquela que é vivida diariamente; estando sempre na brecha. ...
  • 12/11/2018

    NÃO DESANIMEM – Anjo Gabriel R...

    Desânimo é falta do entendimento, da harmonia e sintonia, tudo vai acarretando o desânimo. O Senhor fala, mas vocês não falam a mesma linguagem d...
  • 10/11/2018

    O TERROR DOS TERRORES – São Migue...

    Emoções das emoções é a expectativa; o momento é apavorante mas por trás de tudo isso e algo mais está o Mal que os olhos não vêem, é de um...
  • 05/11/2018

    CELEBREM O AMOR – Menino Jesus Amo...

    Não é nada fácil para você diante de um mundo consumista querer mostrar que Eu sou a pessoa mais importante. Muitos celebram o Natal, mas um Natal...
  • 05/11/2018

    NOITE DE LOUVOR – Jesus Eucarísti...

    Pelas mãos de um homem, Eu me faço presente e caminho em vosso meio. Muitos querem entender, basta apenas que o vosso olhar seja sincero, que a voss...

O Mensageiro



Um convite amoroso naquele dia veio do céu, ficaste muito preocupado, pois nem imaginava do que se tratava, simplesmente correste para a minha Igreja. Fizeste bem; não recebeste apoio, não faz mal, eles e tantos outros te rejeitaram, mais eu não. Na tua miséria venho me comunicar com a humanidade, mesmo você não se achando digno. Me questionaste muito meu pequenino: não faça muita pergunta, apenas obedeça; não proves a ninguém, deixe que o tempo e a missão se encarregam. Veja minha Maria Faustina quanto tempo levou; foi preciso uma centelha de luz sair da Polônia “João Paulo II” para que a minha obra se concretizasse; você não é diferente dos santos e dos profetas. O que escrevo é para que saibais que o Menino-Deus tem toda autoridade para levantar profetas para levar por estas imensas estradas a minha mensagem de amor e misericórdia. Ainda é tempo, muito breve todas as portas se fecharão, um silêncio tomará conta do mundo, o tempo se esgotou. Disse à Polonesa: “ainda resta uma tábua de salvação: a minha misericórdia “, não joguem fora, abracem como eu abracei a cruz, olhem para minha pequenina imagem. Vâner Luiz Batista de Carvalho, VANINHO, Mensageiro do MENINO JESUS